Grupos gestores de sistemas

Motivação:

  • Adequar a gestão dos serviços e sistemas de TIC da UFSC às normas ABNT NBR ISO/IEC (27001 e 27002) – segurança da informação;
  • Promover, para os sistemas de TIC da UFSC:
  • A constante atualização para atender a normas e regulamentações internas e externas;
  • A revisão periódica dos direitos de acesso dos usuários;
  • A informatização dos principais processos de negócio da instituição bem como a redução da circulação de papel;
  • O alinhamento entre Gestão e TI;
  • Elaborar, implantar e acompanhar os planos de continuidade de negócio;
  • Assegurar a melhoria contínua dos processos de governança dos sistemas de informação em aderência ao PDTI/UFSC.

 

Grupos definidos

1. Sistemas de controle acadêmico da graduação. Portaria.

  • Rogério Luiz de Souza – PROGRAD / Coordenador
  • Luiz Carlos Podestá – DAE/PROGRAD
  • Mitchel Soni Felske – SeTIC
  • Dagoberto Dinon Feiber – SeTIC

2. Sistemas de controle acadêmico da pós-graduação. Portaria.

  • Juarez Vieira do Nascimento – PROPG/Coordenador
  • Gabriela de Souza Ferreira – PROPG
  • Joice Ferrari da Costa – PROPG
  • Andréia Alves dos Santos Schwaab – SeTIC
  • Dagoberto Dinon Feiber – SeTIC

3. Sistemas de Gestão de Pessoas / Administração de Recursos Humanos. Portaria.

  • Juliana Blau – SEGESP / Coordenador
  • Doris Maria Amorim Knabben – SEGESP
  • Karyn Pacheco Neves – SEGESP
  • Leonardo Meurer – SeTIC
  • Roberto Tagliari Hoffmann – SeTIC

4. Sistemas de Gestão da Comunicação Organizacional. Portaria.

  • Tattiana Teixeira – DGC
  • Alita Diana Correa Kuchler – Agecom
  • Gustavo Alexssandro Tonini – SeTIC
  • Carlos Alberto Moresco – SeTIC

5. Sistemas de Gestão Administrativa e Logística (Compras, patrimônio, almoxarifado e afins). Portaria.

  • Lucia Maria Loch Goes – PROAD – Coordenadora
  • Karen Pereira Alvares – DCOM/PROAD
  • Ricardo da Silveira Porto – DPL/PROAD
  • Adriano Luiz de Souza Lima – DGP/PROAD
  • Luís Fernando Cordeiro – SeTIC
  • Roberto Tagliari Hoffmann – SeTIC

6. Sistemas de Gestão de Processos Administrativos. Portaria.

  • Carlos Antônio Oliveira Vieira – GR
  • Anna Cecilia Amaral Petrassi – PROPLAN
  • Lucia Maria Loch Goes – PROAD
  • Juliana Blau – SEGESP
  • Ezmir Dippe Elias – CARC/PROAD
  • Rodrigo Gonçalves – SeTIC
  • Roberto Tagliari Hoffmann – SeTIC
  • Edison Tadeu Lopes Melo – SeTIC

7. Ambientes Virtuais de Suporte ao Ensino-Aprendizagem. Portaria.

  • Rogério Luiz de Souza – PROGRAD
  • Juarez Vieira do Nascimento – PROPG
  • Maristela Helena Zimmer Bortolini – PROEX
  • Antônio Carlos Mariani COTIC/INE
  • Um docente representante dos programas de educação à distância – A definir
  • André Fabiano Dyck – SeTIC
  • Roberto SIlvino da Cunha – SeTIC

8. Sistemas de Gestão do Colégio de Aplicação. Portaria.

  • Josalba Ramalho Vieira – CA
  • Marina Guazelli Soligo – CA
  • Representante da Secretaria Escolar do CA – A definir
  • Coordenador de Comunicação e Eventos do CA – A definir
  • Dagoberto Dinon Feiber – SeTIC
  • Andréia Alves dos Santos Schwaab – SeTIC

9. Sistemas de Gestão de Pesquisa. Portaria.

  • Jamil Assreuy Filho – PROPESQ
  • Elias Machado Gonçalves – PROPESQ
  • Rozangela Curi Pedrosa – AGIUFSC
  • Luísa Biava – DP/PROPESQ
  • Alexandre Gava Menezes – SeTIC
  • Juliana de Bona Garcia Vendruscolo – SeTIC

 

Novos grupos

  1. Sistemas de Gestão da Pesquisa
  2. Sistemas de Gestão Administrativa e Financeira
  3. Sistemas de Gestão da Extensão e Cultura
  4. Sistemas de Gestão da Assistência Estudantil
  5. Sistemas de Suporte a Mobilidade Acadêmica

Atividades e resultados esperados:

Segurança , Gestão e Governança

  1. Estabelecer processos para concessão e revisão de permissões de uso dos sistemas;
  2. Estabelecer plano de continuidade do negócio
  3. Executar simulações semestrais do plano de continuidade do negócio, validando-o;
  4. Receber, validar e encaminhar a SeTIC demandas associadas aos sistemas, através dos DODs (Documentos de Oficialização de Demanda);
  5. Revisar e alinhar trimestralmente a prioridade de atendimento das demandas registradas via DODs;
  6. Validar e aprovar alterações ou novos sistemas desenvolvidos;
  7. Identificar processos que possam ser informatizados/otimizados, fomentando novas demandas à SeTIC;
  8. Promover a integração e unificação dos sistemas, eliminando duplicidade de informações e processos manuais.